É complicado olhar o que nos causa dor e sofrimento, né?

O mais fácil é fingir que nada está acontecendo mas infelizmente isso não resolve a questão. Por isso é que diariamente nos colocamos espinhos e nos machucamos com pensamentos cruéis e doloridos.

Entramos na defensiva, prontos para atacar a qualquer sinal de acesso as nossas dores. Pois é, isso acontece quando deixamos de nos cuidar e não olhamos para as nossas sombras achando que o guia, o mentor ou seja lá quem irá nos salvar de nós mesmos.

Eu gostaria de dizer que existe um caminho mais fácil, mas a cura só acontece quando nos questionamos para iluminar o que mantemos escondido.

Fale sozinho, dance, cante, escreva, pinte e borde, converse ou chore. No fundo você sabe do que precisa e o que te faz bem. Use suas ferramentas!

É uma tarefa que causa desconforto em um caminho individual e intransferível. Por isso respeite o seu tempo, só você sabe o quanto e onde a dor aperta. Mas não se conforme em viver com espinhos.

Cuide-se com mais amor e carinho.🌹

Deixe um comentário